Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar de pranto

Um olhar de pranto

30
Mar17

Trabalhar com o publico é duro

Eu sei que todas os empregos têm vantagens e desvantagens mas eu quando comecei a trabalhar em ótica comecei a detestar pessoas (ainda mais). Cheguei a ter inveja das senhoras da limpeza do centro comercial ninguém se mete com elas ali fazem o seu trabalho em paz e pronto.  São os clientes que sentem um medo terrível de estarem constantemente a ser enganados, são os que querem o bom e barato, são os que se arrependem de não ter comprado a ps4 lá para casa e arranjam de tudo para ter o dinheiro de volta. São os pais que os filhos não vêem nada mas preferem comprar lhes um Iphone do que uns óculos.

Em Almada já fui obrigada a enganar clientes, a extorquir lhes o mais possível senão tinha o gerente a berrar-me ao fim do dia no gabinete e ficávamos de castigo até ele decidir deixar-nos ir embora para casa! As pessoas pensam que estão a levar barato ficam contentes mas quando as lentes ficam danificadas em 2 meses e têm que fazer outros é do pior. E quantas hastes partidas! Enfim… TRISTEZA TRISTEZA (só me apetecia dizer a toda a gente para não irem lá) !! Ah e no fim ainda troçavam dos provincianos que deixavam lá as suas poupanças(atenção sou provinciana com muito orgulho) “Ah esta gente que vem lá do monte nem sequer falar sabe”  e a pessoa que pensa assim infelizmente tem uma mentalidade dos anos 20 já nem no “monte” se vê gente tão preconceituosa… um rapaz de 20 e poucos pensar assim… sem personalidade própria apenas se limitava a ser uma cópia do nojento do seu gerente. As conversas sem conteúdo faziam-me preferir estar sempre a trabalhar do que momentos de pausa com estes senhores.  Meus queridos só vos queria dizer que se não fossem os provincianos não havia comida para ir ao supermercado e comprar, bem podíeis comer TERRA! Por isso se acham que por trabalharem numa ótica são superiores a quem trabalha na terra estão muito enganados, sem comida não consegues sobreviver e são estes senhores que garantem a sobrevivência de ignorantes e mal agradecidos como vocês. Antes de ser optometrista trabalhei muito na quinta com os meus pais e sentia-me muito feliz. Passei 3 meses a arrastar-me para ir trabalhar neste sitio mais pareceu 2 anos, quando me fui embora fiquei muito feliz. Fazia 4h a mais todas as semanas que não eram tiradas nem pagas, e o meu patrão disse-me que o meu ordenado ( que já agora foi o mais baixo que recebi) pagava isso e mais.

Mas felizmente isto não se passa em todo o lado. Há quem defenda honestidade acima de tudo e é uma grande honra trabalhar numa empresa assim. 

Quando achei que enganar não era para mim e preferia mudar de área surgiu a luz ao fundo do túnel. Porque nunca me acomodei e procurei sempre algo melhor. É muito mais fácil acomodarmo-nos e jogar pelo seguro.

Para ti ex-gerente que me humilhaste e gozaste com os clientes que te pagavam o ordenado. O karma pode ser tramado…

13 comentários

Comentar post